fbpx

Obesidade: Como prevenir e o que causa o aumento do peso

A obesidade está cada vez fazendo mais vítimas no Brasil. As causas para tantos brasileiros estarem acima do peso são muitas. O estresse e a correria do dia a dia são os fatores que mais agravam o quadro da obesidade. A preferência por fast-food ao invés de uma alimentação saudável tem se tornado cada vez mais frequente. Isso porque as pessoas optam pela praticidade, pela escassez de tempo.

- Publicidade -Solicitar Cotação!

A falta de tempo tem sido a maior desculpa da humanidade no século em que vivemos. Com menos tempo para cuidar da saúde, as pessoas se voltam ao conforto e praticidade. Não é somente no Brasil que a obesidade vem crescendo. Embora estejamos na lista dos países com maior índice de pessoas acima do peso. Os Estados Unidos vem sofrendo do mesmo mal e lá a facilidade por comidas prontas é muito maior do que aqui.

A desculpa da falta de tempo

Usamos a correria e a falta de tempo para justificar a nossa inabilidade de criar hábitos saudáveis. A internet, televisão e os videogames têm apenas agravado ainda mais isso. As pessoas se tornam sedentárias e preferem “descansar” na diversão dos seus eletrônicos ao invés encontrar um escape para o estresse. Isso porque praticar uma atividade física não beneficia somente o corpo mas também a mente. Conciliado com uma rotina alimentar saudável, os exercícios físicos podem fazer milagres para a nossa saúde.

Um estilo de vida saudável depende de uma boa alimentação e prática regular de exercícios. Somente com a mudança de rotina, as pessoas sairão da zona de conforto para ganhar qualidade de vida. Havendo uma conscientização geral da população brasileira, o quadro de obesidade pode ser revertido.

Correria do dia a dia

Todos estão correndo, não de forma saudável mas sim para o trabalho, faculdade, serviço extra ou para limpar a casa. A correria só termina quando a energia vital das pessoas esgota. O problema é que ao mesmo tempo em que a correria é constante, a privação de sono também é. O que contribui para o aumento do estresse e consequentemente aos maus hábitos alimentares. Além disso, todas as frustrações e irritabilidade das pessoas são compensadas na comida, porém negativamente.

Confira também:  Beber água: 5 bons motivos para beber bastante água e hidratar-se

É um ciclo vicioso que só tem fim quando a saúde do individuo começa a apresentar problemas. Infelizmente é somente nestas horas que as pessoas buscam mudar os hábitos e criar uma rotina mais saudável.

Mudança de hábitos

Mudar o cenário da obesidade no Brasil é simples. Diferentemente do que se pensa, a mudança vem de dentro. O primeiro passo para um corpo saudável, é uma mente sã. Dependendo do caso, é importante antes de iniciar uma dieta alimentar, com orientação médica, procurar um psicólogo. Grande parte do acumulo de peso é resultado de problemas psicológicos. Há também a parte psiquiátrica e hormonal.

Havendo uma mudança de pensamento, é possível iniciar uma regragem alimentar, sempre com orientação nutricional. Com horários determinados para se alimentar, não deixando longos intervalos sem comer, permite dar início ao próximo passo.

Devemos antes lembrar que cada caso é um caso. Por isso é essencial acompanhamento médico nutricional. Somente assim é possível entender as deficiências do corpo de cada individuo e seus limites. Afinal, cada corpo reage diferente um do outro.

Após um acompanhamento psicológico e nutricional, é possível iniciar com atividades físicas. Este terceiro passo requer condicionamento, que é desenvolvido com exercícios físicos. Da mesma forma é necessário orientação médica. Pois é preciso saber se há aptidão ou não para a prática de atividades físicas e quais são permitidas.

Confira também:  Sarampo: entenda por que vacinar-se novamente contra a doença

Estas são algumas etapas para ajudar a reverter um quadro de obesidade, para uma vida mais saudável e feliz.

4 formas para prevenir a obesidade

Preparamos um guia a seguir com 4 formas para ajudar na prevenção da obesidade. É necessário também procurar orientação e acompanhamento médico antes de qualquer iniciativa. Somente um médico poderá orientar da melhor forma o que melhor se encaixa para cada pessoa.

1 – Abandonar o sedentarismo

A primeira forma para combater a obesidade é sair da zona de conforto e se movimentar. Para quem não pratica nenhuma atividade física, pode ser um bom momento para começar. Uma das formas mais fáceis de iniciar uma rotina saudável, é caminhar. Através da caminhada é possível ganhar resistência, fortalecimento muscular e condicionamento.

Com recomendação médica, verifique formas de ampliar seus exercícios e quais poderão ser feitos. Isso para que não caia na rotina as mesmas atividades de sempre. Confira também a importância da prática de esportes para o nosso corpo (e seus benefícios).

2 – Alimentação saudável

A alimentação é o fator chave para reduzir peso e aumentar a qualidade de vida. Criar uma rotina alimentar, sempre com orientação médica, pode trazer grandes benefícios a saúde. Trocar alimentos processados e industrializados por alimentos frescos contribui muito para perder peso.

Opções variadas nas refeições também ajudam a não enjoar de uma rotina saudável. Legumes, verduras, fibras e proteínas compõem a lista de grupos de alimentos saudáveis aceitáveis para uma reeducação alimentar. Saiba mais sobre alimentação saudável acessando “alimentação saudável pode melhorar a sua qualidade de vida“.

3 – Dê preferência a alimentos integrais

Nem sempre é tão saboroso, é verdade, mas os alimentos integrais são ótimos para o seu organismo e dão uma maior sensação de saciedade. É super recomendado combinar frutas com certos cereais, pois ajudam na absorção dos açucares.

Confira também:  O que comer para emagrecer: super dicas inéditas
4 – Abrir mão de fast-food

Fast-food é a perdição, pelo sabor e praticidade. Porém é também um dos maiores causadores da obesidade. É possível ir esporadicamente comer um “lanche“, afinal ninguém é de ferro. O ideal é evitar mas saber dosar é o mais importante. O que não pode acontecer é viver somente de fast-food, sem nenhum cuidado com a saúde.

Atitudes que fazem a diferença

Hoje em dia a realidade da obesidade entre crianças é simplesmente assustador. Isso porque os pais têm passado maus hábitos para seus filhos. Revertendo a forma como as crianças são educadas, é possível criar adultos mais saudáveis.

Incentivar atividades ao ar livre, comer alimentos frescos e exercitar o intelecto das crianças pode fazer toda a diferença. O futuro das crianças de hoje depende da forma como são ensinadas a viver.

Trocar alimentos industrializados como salgadinhos e refrigerantes por opções saudáveis. É possível preparar sucos naturais ao invés da praticidade dos refrigerantes. É mais trabalhoso porém garante mais saúde não apenas às crianças mas aos adultos também.

É importante saber que mesmo sucos, em excesso também podem fazer mal, devido a frutose. Por esta razão é necessário sempre uma orientação médica e nutricional sobre o que pode ou não ser consumido. Um acompanhamento médico das crianças é essencial nestes casos, principalmente durante a fase de crescimento.

É possível mudar quadro de obesidade no Brasil? Sim. Para isso é preciso conscientização e ação. O primeiro passo para a mudança está na forma de pensar.

- Publicidade -Solicitar Cotação!

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.